Dieta Anti TPM

Eu sofro de TPM, daquela que eu devia ser enviada para uma ilha deserta.  Eu choro em anúncio de pomada para assadura, dou risada 3 minutos depois, fico com calor do deserto do Saara, e depois já não tô mais com calor, grito com minha sombra para saber porque ela está me seguindo….(brincadeira, as vezes fico meio estressada sim).

Tem um amigo que só de falar comigo por telefone sabe se estou com TPM. kkkkkkkk ele me chama de konga nesses dias! Para os que não sabem, aqui no Rio de Janeiro tinha um parque pequeno na Lagoa chamado Tivoli Park e havia uma apresentação de ilusionismo, onde uma mulher era transformada em gorila presa atrás das grades, e a macaca sacudia a jaula de um jeito que assustava todo mundo e depois ela arrombava a jaula e saia correndo atrás da gente. kkkkkkkk Sim, era tosco, mas a gente se divertia fugindo dela. Entendeu o por que ele me chama de konga? kkkkkk

Bem voltando ao assunto!!!   Quando li essa reportagem da Mariana Viktor, também da Revista Corpo a Corpo (de sei lá quando), falando sobre esse assunto, tive que colocar aqui e dividir com vocês. Vamos ao resumo da matéria:

É possível diminuir esse sintoma de estresse/tensão pré menstrual com um ajuste adequado do cardápio.  Não é legal!!!! Bem, tem me ajudado um pouco. Ajuda a diminuir inchaço, a loucura tipo abstinência de chocolate, dores pelo corpo, dificuldade de concentração insônia, fadiga, palpitações, chorar por qualquer coisa, até perder o controle, sem contar com maridos e namorados ou namoradas reclamando dessa “bipolaridade”.

Exercícios (que aliviam a tensão, estimulam a produção de hormônios e neurotransmissores, que melhoram o humor, sono e a disposição), controle do estresse e alimentação adequada podem te ajudar a amenizar isso, ainda por cima sem medicação.

As nutricionistas funcionais Daniela Jobst e Patricia Davidson, dão dicas como um alimento pode ser benéfico ou maléfico nesse momento de irritabilidade. Vamos à elas:

Evitar ou diminuir a ingestão

  • café, chá e refrigerante com cafeína, isso porque causam ansiedade e irritabilidade.
  • bebidas alcoólicas acabam reduzindo a disponibilidade de açúcar (glicose), aumentam a vontade de comer doces, causam dor de cabeça, fadiga e depressão durante TPM.
  • retenção hídrica (inchaço) provocada pelo sal, encontrados em enlatados e embutidos também são vilões.
  • gorduras animais causam aumento do estrogénio (hiperestrogenemia) e aumentam o suprimento a produção ovariana de progesterona, piorando os sintomas.
  • leite e laticínios bloqueiam a absorção intestinal de nutrientes e aumentam a excreção de magnésio, piorando os sintomas desse período.
  • açúcar refinado pode agravar o mal, tudo porque altera o nível de glicose no sangue (hipoglicemia).  Caso queira evitar fadiga, irritação, as palpitações, os ataques vorazes de gula, ganho de peso, então troque os doces por frutas. Vai por mim, ajuda!!!!

Procure aumentar o consumo

  • vegetais verde-escuros, sementes de abóbora, leguminosas (feijão, lentilha e grão de bico), são ricos em magnésio (responsável pela conversão de glicogênio em carboidrato, que leva a serotonina, que diminui a irritabilidade e melhora a disposição).
  • morango, pepino, e melancia tem efeito diurético e levam a diminuição do inchaço.
  • frutos do mar, grãos integrais, laticínios, feijões, nozes e sementes (ricos em zinco), carnes, miúdos, trigos integrais e levedura (Vitamina B3 – contribuem para regular os níveis de glicose, que tendem a cair com a TPM).  Essa queda aumenta o apetite, a vontade de comer doces, as palpitações, a fadiga e a dor de cabeça.
  • fibras, ovos, lactobacilos, cereais integrais, leguminosos e vegetais verde-escuros são ótimas fontes de vitamina do complexo B e com isso ajudam a metabolizar e a eliminar o excesso de estrogênio, responsável pelo nervosismo e pela ansiedade.
  • carnes magras (de preferência orgânicas), peixes, azeite, germe de trigo, gergelim, abóbora, nozes, castanhas e amêndoas, que contém vitamina E, a qual ajuda a reduzir o inchaço e as dores nas mamas.
  • arroz integral e selvagem, quinoa real e aveia, que são ricos em magnésio e vitaminas do complexo B, quando combinados são diuréticos.  Já as fibras favorecem a eliminação de estrogênio, diminuindo o desconforto.

Tente mudar a sua dieta nessa época e veja se nota mudanças físicas e comportamentais.  Tem me ajudado um pouco sim!!!!!

IMG_0888.JPG

(foto: Revista Corpo a Corpo)

Desculpa a qualidade da foto, mas tive que pegar direto da revista….

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s