Doenças Infantis comuns nas férias

  Fiquei super feliz quando recebi o email da Vanessa enviando o post da nossa parceria com o site Plano de Saúde.  A matéria hoje é da Roberta Leite e fala sobre doenças infantis que são mais comuns nesse período de férias, então aproveita e ficaremos aguardando as próximas matérias.

Doenças infantis que são comuns no período de férias

O período de férias é um tempo das crianças descansarem, mas as mães podem ter mais trabalho além de ter que ficar de olho nos pequenos se não se preocuparem com as doenças infantis que são comuns no período de férias.

Mas como assim doenças de período de férias? O calor e as brincadeiras de verão acabam deixando a ocorrência destes tipos de doenças mais fáceis. Fique de olho no que pode vir a acontecer com a criança e saiba como evitar isso:

Picadas de insetos

Não tem como se livrar deles, então se nem mesmo os adultos estão imunes, imagine as crianças. Porém, usar repelentes infantis é o mais indicado para evitar estas picadas que tanto afetam as crianças no verão.

Você pode unir os repelentes que se usam em tomadas, mas tome cuidado com aqueles de sprays, pois ao espirrar deve manter as crianças longe.

No caso de crianças alérgicas o cuidado deve ser redobrado, então fique de olho e qualquer coisa procure um médico.

Otites

Devido ao tempo maior em piscinas, deve ficar de olho se a água não está contaminada com bactérias que acabam por entrar no ouvido da criança e ocasionam a inflamação.

A qualquer sinal de dor ou inflamação, já procure um médico. E tome cuidado com as hastes flexíveis, pois não deve usá-las para limpar a orelha das crianças, sendo preciso usar um lenço de papel enrolado nos dedos para fazer isso.

Insolação e queimaduras de sol

Evitar que as crianças fiquem expostas ao sol o dia todo também é importante porque isso evita problemas como insolação e queimaduras solares.

Não deixe as crianças no sol das 10h às 16h e depois deste período use sempre o protetor solar mais indicado para o tipo de pele delas. Não se esqueça de que bonés e chapéus ajudam a proteger o rosto e que o filtro solar deve ser reaplicado a cada 2 horas.

Desidratação

Se a criança tiver muito vômito, diarreia ou sofrer insolação, pode ficar desidrata, perdendo muito líquido, ficando com a boca seca e o olho fundo. Para a reidratação, o melhor é soro caseiro, muita água e água de coco.

Caso os sintomas estejam avançados, procure um médico.

Intoxicação alimentar

Como com o calor as bactérias conseguem se reproduzir e se espalhar mais facilmente, no verão a intoxicação alimentar é maior devido aos alimentos contaminados, então tome cuidado com saladas, frutas e frutos do mar. Não compre alimentos de origem desconhecida e sempre lave todos muito bem.

Os sintomas da intoxicação alimentar são febre, vômito e diarreia, então aos primeiros sinais, procure um médico.

Cuide para que o verão dos pequenos sejam boas tanto para você como para eles evitando estas doenças infantis que são comuns no período de férias, pois ninguém quer ficar em hospitais nem desperdiçar o tempo de brincadeira tendo que ir ao médico, não é mesmo?

Lembre-se que além de seguir estes hábitos, uma boa alimentação infantil com cuidados de higiene diários ajudam a evitar estes problemas.

Artigo produzido por Roberta Leite, colaboradora do site Plano de Saúde.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s